segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Corra! Corra criança
que já não há mais tempo,
já não há mais vento...
Calce os sapatos,
pegue as flores,
esqueça o passado...
Deixe o retrato,
abandone o tato!
Cubra-se de paixão
e de muita compaixão,
porque os tempos são outros...
Pegue a felicidade,
deixe a maldade,
abandone de vez a superficialidade!
Não chore, não!
Porque as coisas são belas
e as mazelas
já estão por fim!
Não tenha medo de arriscar,
muito menos de buscar!
As coisas ficam claras
quando tudo começa a se encaixar!
Acorde, criança!
O tempo acabou!
Eu avisei há muito tempo,
e ninguém ouviu...
Mas se ainda quiser,
encontre o caminho da verdade,
e siga a paz!
Não esqueça a luz!
Não tenha medo, criança!

Lígia G.V.
Luz e paz, sempre!

3 comentários: