sábado, 5 de fevereiro de 2011

     A última noite foi triste. O tempo passou rapidamente, o planeta deu um giro e as estrelas sumiram de meus olhos. Sinto muito. As coisas foram esquecidas, memórias foram perdidas, por enquanto. Você se foi, assim como eu fui. Não podemos ter tudo sempre. Me perdoe. Mas você faz parte de mim, assim como todos. Sempre fomos um só. Então fico feliz que exista beleza em você. Fico feliz por ver que você está bem. Eu te amo. Dê-me a mão para que possamos descansar em paz, em um lugar belo. E fechar os olhos e saborear os sons. Abriu-me os olhos de alguma forma, em um momento em que eu nem percebi.Levou-me a lugares lindos, ensinou-me grandes coisas. Sou grata. Para sempre!

Obs: esse texto não se refere a romances.
Lígia G. V.
Paz infinita, queridos!

Um comentário:

  1. Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir